Você está visualizando atualmente VIVENDO A BONDADE DE DEUS

VIVENDO A BONDADE DE DEUS

Sabemos que Deus é bondoso e generoso, mas como respondemos a generosidade de Deus? Mundo tem um sistema, você tem o que merece. Em Efésios 2:8-9 Deus concede favor imerecido, salvação não vem pelas suas obras, pelo seu trabalho, para que ninguém se glorie, é dom gratuito.

Então por que fazemos para Deus? Por que trabalhamos para Deus?

Fazemos porque amamos a Deus e porque somos gratos, é a nossa resposta a generosidade de Deus, e não para que ele nos ame, porque ele nos amou primeiro. Fazemos porque recebemos tanto de Deus. Lc 7:47 “a quem pouco se perdoa, pouco se ama”

Pergunta jovem rico: “o que eu posso fazer para herdar a vida eterna?” Lc 18:18: Filho, você não pode fazer nada, mas saiba de uma coisa, EU FIZ TUDO!

Sempre quando pensamos que somos bom, saiba disso, sempre terá uma coisa que nos falta. Propósito era o jovem rico ouvir a voz do chamado e seguir a Cristo.

Religiosos tinham problemas com a generosidade de Deus, como ele era generoso, amava pecadores. Lucas 18:9-14 Fariseu pensava mais de si mesmo, deixa dizer o que eu faço: eu jejuo, eu dou o dízimo, eu oro 3 vezes por dia…..Oração sincera do publicano pecador: Deus seja gracioso e misericordioso comigo…….

Mateus 20:1-16 Parábola dos trabalhadores da vinha: Essa parábola narra a história do sr. que contrata trabalhadores para a sua vinha. O interessante é que esse homem contrata os trabalhadores em diferentes horários ao longo do dia. Ao final do dia, uns tinham trabalhado mais do que outros. No entanto, mesmo assim todos foram recompensados da mesma maneira.

O contexto da Parábola dos Trabalhadores da Vinha

capítulo anterior (Mateus 19:16), prepara o contexto para parábola. Um jovem rico pergunta a Jesus sobre o que ele precisaria fazer para conseguir a vida eterna.

Mt 19:27 Pedro quando viu que aquele jovem não foi capaz de abandonar tudo o que tinha, pergunta a Jesus: e nós que deixamos tudo e te seguimos, o que será de nós?

Mt 19:29-30 Jesus respondeu deixando claro que a recompensa não pode ser medida por nada material, ao contrário, a recompensa se daria pela regeneração, fazendo com que homens pecadores agora tivessem acesso ao Reino dos céus.

O significado da Parábola dos Trabalhadores da Vinha

Deus nos dá conforme a sua soberana vontade. Ele é justo e bondoso, embora essa justiça não pareça coerente aos olhos e parâmetros humanos. Em nossa visão humana, realmente parece ter sido injusto o fato de o fazendeiro pagar o mesmo valor a todos os trabalhadores da vinha.  Por isso o proprietário da vinha disse: “Amigo, não estou sendo injusto contigo. Não combinamos que te pagaria um denário pelo dia trabalhado? Sendo assim, toma o que é teu, e vai-te; pois é meu desejo dar a este último tanto quanto dei a ti. Porventura não me é permitido fazer o que quero do que é meu? Ou manifestas tua inveja porque eu sou generoso?” (Mateus 20:13-15).

princípio desta parábola: “Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos” (Mateus 19:30; 20:16).

A recompensa imerecida dos trabalhadores

Em Efésios 2:9 entendemos que a recompensa não vem pelas obras, para que ninguém se glorie. Não é pela importância de uns sobre os outros. Não é pela quantidade de serviços feitos ou por tempo de casa. A recompensa é pela graça, determina segundo a soberana, justa e perfeita vontade de Deus.

1)Bondade de Deus e sua justiça: Os trabalhadores que começaram mais tarde viveram a justiça de Deus, porque o sr acordou pagar o que era justo. Trabalho não trará recompensa, a recompensa é ter sido escolhido para o trabalho. Recompensa não está baseada no fato de termos trabalhado, mas simplesmente no fato de termos sido chamados para esse trabalho. Isso deixa claro que não somos merecedores de reconhecimento algum. João 15:16 Ele nos escolheu, precisamos ter Fé, pois é a única coisa que agrada a Deus, e é a fé que nos justifica.

Romanos 3:10-12 todos os homens têm a mesma condição de pecador

Romanos 3:23-26 não há distinção, de forma gratuita fomos justificados pela fé em Cristo.

2) Não fazer comparações:  Quantas vezes questionamos a Deus por ter abençoado alguém que julgamos ser “menos digno” do que nós? Não deixar que a inveja cresça em nossos corações. Sempre quando pensamos que somos bom, saiba disso, sempre terá uma coisa que nos falta. Erramos quando nos comparamos a outras pessoas, quando na verdade não somos nada sem Jesus, eu sou tudo nele, não sou nada em mim mesmo. Uma pessoa que você acha que não merece recebe uma benção, a primeira coisa que dizemos Deus isso não é justo. Os trabalhadores que chegaram mais tarde receberam a justiça de Deus, foram agraciados, receberam um favor imerecido. No reino de Deus, não vivemos o que é justo ao homem por um parâmetro humano.

3) Entender nossa posição:

A recompensa é d’Ele, e Ele dá a quem quiser, o quanto quiser e da forma que quiser. Cabe a nós reconhecermos que Ele é sempre justo em todas as suas decisões.

Fico feliz quando Deus é misericordioso, e quando eu recebo sua graça. Mas quando Ele usa de sua misericórdia e graça com o próximo, eu não me alegro? Não podemos ser como o irmão do filho pródigo que morou com o pai mas não viveu a graça, cada um tem sua porção, e precisamos viver como filhos amados, todos têm acesso a graça!

O que Deus quiser que eu receba, vou receber no tempo certo, e ninguém será capaz de impedir isso. Cabe a nós termos Fé e confiar em seu amor e sua bondade, porque Ele é BOM. Isaias 43:13“Agindo Deus ninguém impedirá”

Lucas 15:11-32 Irmão mais velho cheio de justiça própria, por não ter pecado, por ter servido e trabalhado há anos, questiona o pai: Nunca me deste um cabrito sequer para alegrar-me. Irmão mais velho viveu a cultura da recompensa pelo mérito, vamos viver a graça como o filho pródigo?

Você está disposto a viver a bondade de Deus, abrir mão da comparação?

Você já passou por alguma dificuldade em que você não achou ser justo você passar por aquilo?

Pr Rodrigo Barbosa – Igreja Batista do Amor

Este post tem 2 comentários

  1. Sou a Valéria da Silva, gostei muito do seu artigo tem
    muito conteúdo de valor, parabéns nota 10.

    Visite meu site lá tem muito conteúdo, que vai lhe ajudar.

  2. ibacomunica

    Obrigado pela avaliação. Continue nos acompanhando e recebendo mais de Deus. Que o Senhor te abençoe ricamente.

Deixe um comentário