You are currently viewing TODA PLENITUDE

TODA PLENITUDE

Ideia Central Em Cristo temos toda a plenitude e por isso precisamos entendê-la e usa-la. Do contrário não terá sentido.

Escritura Colossenses 1.19 / João 1.16 / Efésios 3.19 / Efésios 5.18

Perguntas iniciais

1.Quem você conseguiu ABENÇOAR recentemente? Quem você pode abençoar essa semana?

2. Você já sentiu-se vazio? Conseguiu preencher esse vazio? Se sim, como?

Aplicação Bíblica

3. Leia Cl 1.19 e Jo 1.16. O que você compreendeu?

Aplicação na vida

4. Para entendermos a plenitude de Deus precisamos saber que: a) uma pequena ajuda não será util para nós, pois estamos totalmente sem forças; b) uma medida limitada de misericórdia apenas zombara da nossa miséria; c) pouca graça nunca será suficiente para nos levar ao céu, pois estamos contaminados com o pecado, cercados de enfermidades, arrodeados de tentações, molestados por aflições o tempo todo, levando em nosso corpo a morte física. Comente.

5. Poder, sabedoria, verdade e todos os atributos de Deus, estão contidos em Jesus. Uma plenitude inesgotável. Tudo que é necessário para o tempo presente e para a eternidade, foi alcançado pelo sangue de Jesus. Quais os benefícios de toda a plenitude de Jesus você usufrui na sua vida hoje?

6. A visão de toda plenitude em Cristo, faz com que o medo e as dúvidas desaparecem? Comente.

7. Ao ler Efésios 3.19 e Ef. 5.18 percebemos que não temos o direito de viver uma vida medíocre, uma vez que o Pai está em nós, o Filho habita em nós e o Espírito Santo nos enche até à plenitude. Não podemos viver uma vida rasa uma vez que os rios de água viva podem fluir do nosso interior. Não podemos viver uma vida fraca, uma vez que a suprema grandeza do poder Deus está à nossa disposição. Não podemos viver uma vida vazia, uma vez que o Deus que nem os mais altos céus podem contê-lo, habita em nós em toda a sua plenitude. Ao saber de tudo isso o que pode mudar na sua vida a partir de agora?

Conclusão/Reflexão:

Há plenitude de bênçãos de todos os tipos e formas, uma plenitude de graça para perdoar, de graça para preservar, e de graça para regenerar, de graça para santificar, e de graça para aperfeiçoar. Há plenitude o tempo todo, uma plenitude de orientação na prosperidade. Uma plenitude em todos os atributos divinos, de sabedoria, de poder, de amor, uma plenitude impossível de enumerar, muito menos explorar.

Pr. Jennison César Fernandes – Igreja Batista do Amor

Deixe um comentário