Você está visualizando atualmente PELAS SUAS PISADURAS FOMOS SARADOS

PELAS SUAS PISADURAS FOMOS SARADOS


Is.53:3-5
Isaías o maior profeta messiânico do AT, o capitulo 53 é o ponto mais alto do livro, trata do principal assunto de interesse da humanidade o pecado e o perdão divino. Nele o autor apresenta Cristo como nosso Redentor. Henriqueta C. Meares, Escritora diz: O Livro de Isaías é um porta-joias e o capitulo 53 é a joia desse porta-joias. Os versículos 3 a 5 do capítulo trata da humilhação de Jesus, dos motivos da sua mortes e do resultado final da morte.


Destituído da gloria de Deus Is.59:3 e Rm.3:23

Esse é o estado que a humanidade se encontra, fora de Cristo e separados de Deus, a separação entre Deus e o homem existe não porque Deus criou essa separação, é o pecado que não combina com a Santidade de Deus, essa oposição a santidade impede que o homem sob a influência do pecado desfrute da presença de Deus (Gn.3:8) Deus não criou o homem para viver fora na sua presença, o oxigênio da nossa vida espiritual é a presença de Deus, fora estamos mortos espiritualmente.

O Plano divino

Deus não satisfeito com o afastamento do homem planejou aniquilar o pecado e dar condição ao pecador de voltar para a sua presença. Já em Gn.3:15 Deus anuncia o seu plano; E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. E posteriormente o plano foi predito pelos profetas do AT e em cumprimento a essa profecia, nasceu Jesus o salvador, com a missão de reconciliar o homem a Deus (Lc.2:7-11) e se apresentou como o caminho em (Jo.14:6;) como a porta (Jo.10:9). Paulo o apresenta como o único mediador entre Deus os homens ( I Tm.2:5). Durante a sua vida do nascimento até morte, Jesus foi detestado, rejeitado e humilhado (Is.53:3), o diabo queria que ele desistisse, porem Ele permaneceu firme por amor a mim e a você.


Morte vicária

O termo vicário é o ato de alguém substituir o outro, morte vicária refere-se a morte de Jesus na cruz para livrar a humanidade do pecado. Jesus não morreu em consequência de algum crime cometido, não pesava sobre ele nenhuma acusação, por mais que forçaram não conseguiram encontrar nada para lhe incriminar. Jesus não pecou e nem maldade havia no seu coração (Mc.15:14). Em nenhum momento durante a sua vida terrestre ele ágio com segundas intenções, tudo que o fez foi para salvar a humanidade. Assumiu o pecado, culpa, consequência e condenação que pesava sobre a humanidade e que humilha e maltrata o ser humano, foi c aniquilado na cruz (Hb.9:29).


Morte expiatória

O termo expiatório fala de absolvição, indulto, reconciliação, pacificação, anulação de culpa ou perdão. Através da sua morte vicária Jesus anulou toda culpa do pecado que estava sobre nós, nos trazendo paz e reconciliação com Deus e pelas suas pisaduras fomos sarados. A morte vicária de Jesus proporciona ao homem a condição viver uma vida na presença de Deus e desfrutar de uma comunhão intima com Ele e de todos os benéficos de uma vida plena e abundante. (Jo.1:12)


Conclusão:

Receba hoje a cura efetuada por Jesus na Cruz, curve-se diante d’Ele e se renda a Ele, reconheça os seu pecados e receba o seu perdão e o adore. Ele que morreu e ressuscitou para dar-nos a vida eterna. (Is.1:18,19)

Pr. Carlos Augusto da Costa Alves – Igreja Batista do Amor

Deixe um comentário