Você está visualizando atualmente É NA MATURIDADE QUE SE VIVE O MELHOR DE DEUS

É NA MATURIDADE QUE SE VIVE O MELHOR DE DEUS

Ideia Central

Para acessarmos a plenitude que há no Pai e vivermos a vida que Ele sonhou para nós, precisamos crescer e amadurecer.

Escritura

1 Coríntios 3:1-3

Quebra-Gelo

Em algum momento da sua vida cristã, você já tomou uma decisão de forma impulsiva (imatura)? Qual foi o resultado?

Pensamento Inicial

A maturidade espiritual não é algo que se alcança pelo conhecimento teórico ou com a idade, ela é fruto de um coração cheio de fome e sede de Deus. Viver desta forma é o desejo de Deus e é o estágio que todo cristão deveria alcançar, entretanto, muitos não conseguem chegar até ele. O orgulho, a inveja, a falta de interesse e a falta de compromisso são alguns dos fatores que tornam a maturidade um alvo distante.

Aplicação Bíblica

Paulo, na passagem de 1 Coríntios 3, citou as brigas e inveja como exemplos de atitudes carnais. Porém, quando somos cristãos maduros, somos capazes deixar a vaidade, os ciúmes, a mentira, o egoísmo, a fofoca e outras “criancices” de lado, dando espaço para que as características e os atributos de Deus sejam expressos através das nossas vidas.

O que Paulo quis dizer quando disse que teve que alimentá-los com leite, e não com alimento sólido, pois não estavam aptos para recebê-los? Por que ele considerava isso um desperdício?

O resultado de um relacionamento íntimo com Deus é que, além de beneficiar a nós mesmos, afeta positivamente aqueles que estão ao nosso redor. Com a ajuda de Deus, podemos sempre nos tornar pessoas melhores para executar todo o Seu propósito para a nossa vida!

Aplicação na Vida

1) De que modo podemos alcançar a maturidade espiritual?

Para alcançar a maturidade espiritual, algo essencial precisa acontecer: uma mudança de mentalidade pautada na Palavra de Deus (Rm 12:2). Mas, esta mudança e, consequentemente, o amadurecimento não é um processo espontâneo, existe um investimento espiritual a ser feito e uma postura que deve ser tomada.

2) Como trabalhar/colaborar/ facilitar para se tornar maduro espiritualmente?

  • Leia a Bíblia regularmente – ela é a autoridade máxima e o fundamento da nossa fé.
  • Ore constantemente – a oração é o nosso canal de relacionamento direto com Deus.
  • Edifique-se a si mesmo e sirva aos outros – não basta estarmos alimentados e edificados. Como discípulos de Jesus, fomos chamados para ser bênção uns para os outros e não somente para com “os outros da nossa célula”. Mas, com todos.
  • Viva de acordo com a Palavra de Deus – uma pessoa madura espiritualmente, tem a Palavra como “Manual de Vida”.
Características de Pessoas MADURAS Pessoas IMATURAS
Educação (comportamentos básicos: “bom dia”, “obrigado”, “me perdoe”) Falta de Educação (falar mais alto que os outros em debates, gritar, etc )
Adequação (vestir-se e agir de acordo com cada ambiente) Autoafirmação (necessidade de se “afirmar” o tempo todo é insegurança)
Humildade (reconhecer que não sabe tudo e precisa aprender sempre) Impulsividade (agir sem pensar nas consequências e desdobramentos)
Nivelamento (usar experiências anteriores para resolver situações) Perspectiva (enxergar o mundo somente pelo próprio ponto de vista)
Reflexão (antes de tomar qualquer atitude, pensar sobre os prós e contras) Platonismo (sonhar mais do que realizar)
Compreensão (usar a maturidade para ser mais tolerante e flexível) Desequilíbrio (ausência de regularidade em todas as áreas da vida)
Honestidade (“viver” a verdade, não mentindo e nem ocultando fatos) Apatia (ser desinteressado, insensível e indiferente)
Ação (tirar o discurso do papel, tomar as rédeas da própria vida e fazer) Emoções (ser instável emocionalmente, explosivo, grosseiro ou vingativo)
Julgamento (entender que o papel de juiz é apenas do Senhor) Afetividade (não tratar e respeitar a todos da mesma forma)
Aceitação (amar-se, respeitar-se, somos a imagem e semelhança de Deus) Contrariedade (desejar que a sua vontade sempre prevaleça)

Conclusão

Não importa a sua idade, você pode ter 20, 40 ou 60 anos, e ainda assim ser uma pessoa imatura. Como vimos, a maturidade não tem a ver, necessariamente, com o tempo de vida. Trata-se muito mais da qualidade das experiências, do que propriamente da quantidade delas.

É sempre bom amadurecer mais cedo, embora nunca seja tarde para aprender sobre qualquer coisa. Reveja as suas atitudes, busque ajuda do Espírito Santo para ter as características da lista de pessoas maduras. Quanto mais uma pessoa é madura, mais ela depende de Deus e menos depende de homens. A maturidade está intimamente ligada ao nível de relacionamento que a pessoa tem com Deus. É claro que, durante a jornada cristã, sempre haverá espaço para aprender e crescer, por isso, é importante ter humildade para evoluir, crescer e amadurecer. Afinal, é na maturidade que se vive o melhor de Deus!

Simone Mendes – Igreja Batista do Amor

Deixe um comentário