Você está visualizando atualmente AS PESSOAS

AS PESSOAS

TEXTO BASE: Pv 12:26 O homem honesto é cauteloso em suas amizades, mas o caminho dos ímpios os leva a perder-se.”

Cl 3:13 “Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou.”

CONTEXTO: RELACIONAMENTOS, Bons relacionamentos são mais do que simplesmente colocar um glacê no bolo da vida. Eles são o bolo. Abaixo falaremos de três princípios que poderão servir como base e nos ajudar em nossos relacionamentos.

1.O Princípio da lente:  quem somos determina nossa maneira de ver os outros Pv 23.7: “assim como você pensa na sua alma, assim você é!” COMENTE: Qual a percepção que tenho das outras pessoas? A maneira da qual as pessoas vêem as outras é um reflexo delas mesmas. Se sou crítico, acharei o mesmo dos outros. 

Aprendendo uns com os outros: Já aconteceu de você começar num emprego novo, e alguém com mais tempo de empresa lhe aconselhar cuidado ou recomendar o afastamento de determinada pessoa? A única maneira de mudar a maneira de ver a vida é transformando-se por dentro. Se abra para relacionamentos sem pré-conceito e permita a si mesmo conhecer pessoas e criar conexões.

2.O Princípio do martelo: nunca use martelo para matar um mosquito na cabeça dos outros. Usar o martelo é quando colocamos mais energia do que era necessário.  Abaixo vamos falar dos quatro T’s.

  1. TOTAL VISÃO: Chega a conclusões bem antes de examinar o problema em toda a sua extensão. Para seguir um processo que ajuda a evitar agredir as pessoas com respostas antes mesmo de elas terminarem de fazer a pergunta. Quando alguém está compartilhando seu ponto de vista: tente… ouvir, fazer perguntas, ouvir de novo, e só então responder.
  2. TEMPO CERTO: uma citação que diz: “É o que você faz, e não quando faz, que importa”. Nem sempre isso é verdade.

Se você não se desculpar com alguém com quem agiu errado, o relacionamento pode se perder.

O momento de agir é tão importante quanto agir da maneira certa.

  • TOM CERTO: As pessoas geralmente reagem mais diante de nossas atitudes e ações do que de nossas palavras.

Pequenos conflitos PODEM acontecer por causa do uso do tom errado de voz.

Provérbios 15:1: “A resposta calma/branda desvia a fúria, mas a palavra ríspida/dura desperta a ira”.

Você já teve a oportunidade de constatar a veracidade desse versículo? Comente com os irmãos suas experiências, e

Tente experimentar:  Da próxima vez que alguém disser alguma coisa movido pela raiva, retribua com gentileza e amor.

  • TEMPERATURA: Quando os ânimos se exaltam, as pessoas ficam predispostas a usar bombas em situações nas quais um estilingue resolveria. Efésios 4:26-27  não se ponha o sol sobre a ira, não dê lugar ao diabo

E isso pode causar muitos problemas porque o tamanho do problema costuma mudar de acordo com a maneira da qual se lida com ele. Se a reação é pior do que a ação, o problema geralmente cresce. Se a reação é mais branda que a ação, o problema geralmente diminui. Deixe o passado no passado: Não seja histérico e também não seja HISTÓRICO.

3.O Princípio Número 10: Acreditar no melhor que as pessoas podem oferecer, geralmente faz com que elas ofereçam o melhor de si. Compartilhe com os irmãos: ACREDITO NO MELHOR QUE AS PESSOAS TÊM A OFERECER? Nossa frustação com alguns não deve nos impedir de acreditar em outras pessoas. Na maior parte do tempo, levar fé nas pessoas faz aflorar o melhor que elas têm a oferecer. UM CORAÇÃO QUE CONFIA É EMOCIONALMENTE SAUDÁVEL, No livro The Trusting Heart (O coração que confia), o Dr. Redford Williams afirma: “Quem tem um coração capaz de confiar está mais propenso a ter boa saúde a maior parte da vida e a viver mais”. Vamos confiar e acreditar mais nas pessoas e viver uma vida mais leve, mais prazerosa.

Atos 15:36-41 Paulo não deu nota 10 para João Marcos que abandonou a caravana missionária em Atos 13:13, Barnabé quis dar uma segunda chance a João Marcos mas Paulo não quis, de jeito nenhum. “Por isso eles tiveram uma discussão tão forte, que se separaram.”

REFLEXÃO: Será que Paulo esqueceu que Barnabé é quem primeiro o acolhe na comunidade de Jerusalém? Em Atos 9:26-27 Quando Paulo se converte os apóstolos em Jerusalém não confiavam e não acreditavam na sua conversão, acham que ele é um sujeito infiltrado. Mas Barnabé avaliza a conversão de Paulo. Barnabé é quem abraça a Paulo dando nota 10 a ele. Em Atos 11 é Barnabé quem vai buscar Paulo em Tarso, para trazê-lo para Antioquia, e eles dois juntos pastoreiam uma igreja que está em Antioquia.

RESTAURAÇÃO RELACIONAMENTO: Perto do fim da vida de Paulo, envia um pedido a Timóteo de uma prisão: “Toma contigo Marcos e traze-o, pois me é útil para o ministério” (2 Tm 4:11) Colossenses 4:10 Saúda-vos Aristarco, prisioneiro comigo, e Marcos primo de Barnabé (sobre quem recebestes instruções, se ele for ter convosco, acolhei-o) Vemos Marcos aflorando o melhor de si, e sendo abençoador do ministério de Paulo.


CONCLUSÃO:

Nosso modelo de relacionamento, é o que recebemos de Cristo, éramos servos, e Ele nos fez amigos, éramos dignos da morte, nos deu vida, éramos culpados, nos fez inocentes….estávamos afastados, nos reconciliou. Jesus Cristo confia em você ao ponto de te dar nota 10? Você está disposto a criar relacionamentos e conexões? Vamos dar nota 10 para os amigos/irmãos/familiares?

Pr Rodrigo Barbosa Igreja Batista do Amor

Deixe um comentário