Você está visualizando atualmente DILATAR PARA O GRANDE DEUS

DILATAR PARA O GRANDE DEUS

Jesus escolheu 12 apóstolos, quando falamos dos apóstolos e da igreja primitiva, do que nos lembramos? FÉ, OUSADIA, SUPERAÇÃO, PERSEGUIÇÃO, PALAVRA, COMUNHÃO, GRAÇA, CORAGEM, ENTREGA.

‘Nenhuma pessoa jamais foi honrada por algo que recebeu. A honra foi a recompensa por algo que doou’ (Calvin Coolidge, presidente americano).

Atos 6:1-7 Na multiplicação de discípulos, houve murmuração porque as viúvas estavam sendo esquecidas na distribuição diária. Não era prudente os apóstolos abandonarem a palavra para servirem às mesas. Escolheram 07 homens de boa reputação e cheios do Espírito e de sabedoria, seriam encarregados desse serviço, e os apóstolos dedicados ao ministério da palavra. O termo “diácono” vem do grego antigo, διάκονος, quer dizer “ministro”, “ajudante”. Palavras semelhantes são diakonia (ministério ou diaconato) e diakoneo (servir ou ministrar), sendo um ministério de origem apostólica como citado os textos de Atos 6,1-6. Naquele contexto Estevão se destacou, pois o propósito de Estevão era operar no âmbito do ministério do serviço, mas ele operava além do que lhe fora designado, passou a operar também o ministério da palavra. Vemos na vida de Estevão um desenvolvimento e crescimento espiritual, porque ele passou a fluir no mover do Espírito que operava na igreja primitiva, não sendo uma pessoa limitada ou presa as suas condições humanas. Esse mover apostólico da igreja primitiva estava liberado sobre todos, não apenas aos apóstolos que exerciam o ministério quíntuplo de Efésios, esse mover agia de forma genérica em todos. Estevão não se limitou ao serviço, mas ele se dilatou (dilatar: aumentar (pela elevação da temperatura) o volume ou as dimensões de (um corpo); aumentar, expandir(-se), estender(-se)

2Coríntios 6:12-13 Não tendes limites em nós; mas estais limitados em vossos próprios afetos. Ora, como justa retribuição (falo-vos como a filhos), dilatai-vos também vós. Muitas vezes, queremos encontrar uma justificativa ou um culpado para nossa frustração, falta de crescimento e realizações, quando nos sentimos preteridos dentro da obra de Deus, ou quando não conseguimos nos relacionar de forma adequada com as pessoas e situações. Paulo fala de forma clara aos membros da igreja de Corinto que aquilo que os limitava não era ele (Paulo), mas os afetos de cada um, o sentimento inadequado e contaminado em relação às pessoas e situações, às autoridades espirituais e à obra de Deus. São as deformações, a mágoa, a amargura, a falta de perdão, o medo, a incredulidade que nos limitam e impedem de viver a plenitude dos planos de Deus. Quando somos dilatados, ampliamos nosso entendimento, e nosso estado emocional ou físico não limitam nossa capacidade. VAMOS DILATAR IGREJA PARA O GRANDE DE DEUS !!!

  1. Ser cheio da palavra de Deus: Estevão buscou conhecer a história de Israel, ele faz uma retrospectiva de todo antigo testamento num único capítulo, capítulo 7 de Atos Estevão demonstra uma síntese incrível do versículo 1 a 53, em toda a sua argumentação e pregação Estevão demonstra um profundo conhecimento da palavra de Deus. Leia os textos 2 Timóteo 2:15 , Hebreus 11:3, Hebreus 4:12 Como Jesus no deserto que vence a satanás com a palavra, palavra de Deus é o verbo vivo que se fez carne, é o próprio Cristo. Palavra de Deus é espada, é poder de Deus.
  • Ser cheio do Espírito: Leis os textos: Atos 6:15 , Atos 7:55 a) No memento da vida de Estevão de maior angústia, ele foi consolado, assistido, foi cheio de paz do Espírito, são nesses momentos que o Espírito ministra sobre nossas vidas. Cheios do Espírito para enfrentar os momentos mais adversos, em momentos difíceis Deus se manifesta trazendo sua glória sobre nós, nos dando coragem e ousadia. b) A ousadia de Estevão é uma marca do poder de Deus, Espírito gera em nosso interior força, que nos leva em ousadia e autoridade a viver o poder de Deus. c) Espírito gera esperança, no momento mais crucial a esperança dele estava em Deus, e ele vê os céus abertos e o Filho do Homem em pé a destra de Deus, só podemos fazer a obra de Deus com esperança, sem esperança perdemos o gosta da vida.

Como podemos dilatar? No pequeno e grande grupo, você crê que pode operar e fluir no Espírito?

Conclusão: É um privilégio servir ao Senhor e fluir no Espírito, operar com liberdade deixando Deus nos usar, grande honra termos a recompensa em podermos doar nos 3 T´s: Tempo, Tesouro e Talento.

Pr. Rodrigo Barbosa – Igreja Batista do Amor

Deixe um comentário