Você está visualizando atualmente A ESPERANÇA NÃO DECEPCIONA!

A ESPERANÇA NÃO DECEPCIONA!

Ideia Central

A ESPERANÇA NÃO DECEPCIONA!

Nos dias de hoje, a batalha histórica entre o bem e o mal continua de maneira incessante e a injustiça se acumula, muitas vezes chocando qualquer observador da perseguição ao cristianismo. Todavia, devemos entender que não se trata de uma novidade do século XXI, pelo contrário, primeiro é necessário compreender nosso passado, para entender o presente e se preparar para o futuro. Você é capaz de dar a sua vida por amor a Cristo caso seja perseguido?

Escritura

Romanos 5:3-5 / Tiago 1:2-4 /Atos 5.41  / 1Pedro 4.13 / Filipenses 1.29 /2 Coríntios 4.17 Dinâmica

Líder irá ministrar. Pensamento inicial

Passar por tribulações é algo que faz parte da vida, mas qual tem sido a sua atitude ao se deparar com a adversidade? Qual o tipo de reação que gera a perseverança, a confiança ou murmuração? Saiba que a tribulação por si mesmo, não é capaz de gerar a perseverança em nossos corações. Um coração submisso a Deus reage com confiança quando se depara com a tribulação e até mesmo em meio as perseguições. Você sempre pode confiar em Deus!

Aplicação da Bíblia

  1. Ao ler Tiago 1:2-4 qual o princípio bíblico que você entende? Como colocá-lo em prática? Todos iremos passar por provações, dificuldades e alguns até por perseguições. Você conhece alguém ou você já passou por uma situação de perseguição em razão do evangelho? Lembre-se que todas essas situações são passageiras e que a nossa expectativa não é terrena. Mantenha o foco naquilo que realmente importa.

Aplicação na vida

  • É necessário entender que a mesma fé que um dia te levou a entregar a sua vida a Cristo, deve ser capaz de te levar a confiar nEle para o socorro em tempos difíceis e de tribulações. Se o mar está parecendo agitado, não reclame do vento forte, apenas confie, pois até o mar e o vento O obedecem. Mc 4.41
  • Ao ler Atos 5:41 vemos que os apóstolos se regozijaram, ou seja, se alegraram por terem sido considerados dignos de sofrer afrontas pelo nome de Cristo. Você já parou para pensar porque Paulo falou que se alegrava em ser perseguido? Se isso acontecesse com você, sua atitude seria parecida com a do apóstolo Paulo? Se tem uma coisa que precisamos ter certeza é do amor de Cristo por nós. Deus nos amou tanto que deu o seu único filho para morrer em nosso lugar. Por isso que muitos cristãos são perseguidos e perseveram, porque confiam no amor de Deus
  • Em 1 Pe 4.13 Vemos que embora as dores e sofrimentos sejam reais, elas forjam em nós a maturidade de alguém parecido com Cristo, que sofreu dores ainda maiores que as nossas, e isso é motivo de grande alegria para todo crente, pois assim como somos participantes com ele no sofrimento, também seremos participantes na glória eterna. Por isso, sempre que passarmos por tribulações, devemos nos lembrar da esperança que há em Cristo, muito maior do que qualquer sofrimento terreno.
  • Ninguém nega que as adversidades são reais e dolorosas, contudo, se temos paz com Deus, temos tudo e nada nesse mundo deve nos abalar. Não se deixe abalar pelas dificuldades da vida, você é mais que vencedor em Cristo Jesus! Leia Filipenses 1.29 e 2 Co 4:17. Quais são as coisas em que você tem se detido, nas coisas temporais ou nas eternas?

Desafio

Embora as circunstâncias possam parecer contrárias ao seu redor, Deus tem cuidado dos seus filhos em cada detalhe. Persevere e seja paciente, não desanime quando passar pelas provações, pois temos a certeza de que, após aprovados, seremos cristãos mais maduros, isto é, mais parecidos com Cristo. Nesse exato momento existem milhares de irmãos que estão passando por perseguições, ore para que a confiança no Senhor seja constante e o socorro seja presente. A nossa Esperança é Cristo, Ele não nos decepciona!

Anderson César Fernandes – Igreja Batista do Amor

Deixe um comentário